quarta-feira, 27 de setembro de 2006

Diversão e arte


Uma das melhores coisas de ser jornalista é não ter rotina definida. Toda jornada é particular. O dia pode guardar uma surpresa que a gente só vai saber quando estiver trabalhando. E se a surpresa expõe alguma autoridade?

Hoje foi um dia desses. Um fax oriundo do Gabinete Militar chegou às mãos do jornalista Marcelo José com críticas em cordel a José Maranhão, candidato de oposição ao Governo da Paraíba. Telefonei para o número contido no fax e confirmei a informação através de um cabo PM que havia recebido a ordem de envio dada por um coronel. Os destinatários seriam comandantes de cinco Batalhões da Polícia Militar.

A história completa está AQUI para quem quiser ler.


3 comentários:

Breno Barros disse...

Eu até tinha me empolgado com a política desde que comecei a namorar Helena, mas é tanta sujeita que eu já to morgando de novo. A máquina financiando a reeleição tá dum jeito que, quem quer que seja, quando assumir, vai pegar um estado completamente falido.

Mythus | Homepage

Breno Barros disse...

eu vivo cantando essa boal, mas ninguém acredita em mim. Os idiotas acham que se cássio ganhar vai melhorar, mas no fundo, depois dos 30mil cargos comissionados que dr capone, quer dizer, cassinho distribuiu, vai ser dificil ter como pagar essa gente.

E Maranhão é o último coronel. E olha que os historiadores dizem que o coronelismo acabou em 37 com a prisão dos coronéis bahianos. tsc tsc

Carol | Homepage

Anônimo disse...

atarax tablets for sale [url=http://cialis-prix.webs.com/#0s3d]commander cialis[/url] [url=http://zithromax-prix.webs.com/#9j8m]zithromax prix[/url] generic kamagra price vjg buy cheap drugs tnu viagra france zithromax dapoxetine cialis order drugs no prescription scx