sexta-feira, 28 de outubro de 2005

Insônia. De novo?


Terminei de escutar o CD de Alceu Valença da coleção Obras Primas. Estava tentando adormecer enquanto viajava nos arranjos e melodias. Não deu jeito. Antes disso, fui perturbado pela lembrança do casal que matou uma família inteira no Conde, na semana passada.

Ontem escutei o relato do crime, contado pelos acusados. A cena é dantesca. O horror da menina de 11 anos, que deve ter ouvido o irmão morrer e depois ficou sozinha no quarto com o assassino é algo insondável. A frieza é desumana.

Não consegui pregar os olhos porque lembrava da imagem. Lembro que, durante o expediente de ontem, na redação do Correio, fiquei com o estômago embrulhado visualizando a cena. Fui interrompido pelo e-mail de um colega de trabalho com um trocadilho barato que me fez rir.

Mas na madrugada de hoje, quando não há quase nenhum ruído presente a não ser o roer do ponteiro dos segundos, minha mente traz de volta o filme do dia. Queria poder fechar os olhos agora e abrir somente às 7h40. Umas cinco horas bem dormidas fariam toda a diferença em uma sexta-feira.

16 comentários:

Breno Barros disse...

A desumanidade dos outros sempre nos atinge. De um jeito ou de outro.

Makoto® | Homepage

Breno Barros disse...

valeu, cara. Vou procurar os caras! E ainda não tava sabendo desse crime.

ailton

Breno Barros disse...

Eu me lembro do meu primeiro contato com Sávio Rolim: "O bicho, meu Deus, era um homem!"

Audaci Junior | Homepage

Breno Barros disse...

tb assisti
e passei mal
fico me perguntando, de onde vem tanta maldade

Carol | Homepage

Breno Barros disse...

Logo que li essa notícia, imaginei a cena sem nem ter ouvido nenhum relato. A sensação foi horrível.

Zeh Guilherme | Homepage

Breno Barros disse...

Esse crime foi bárbaro mesmo. Coisa de quem é irracional.

Haryanne Arruda | Homepage

Breno Barros disse...

Que dizer? Ainda mais que foi por motivo torpe... Eu diria que foi 1 latrocínio (reclusão de 20 a 30 anos) e 2 homicídios qualificados (reclusão de 12 a 30). Há crime continuado nos homicídios (a pena mais grave aumentada de 1/6 a 2/3), mas há concurso material no latrocínio e no homicídio. Assim, podem pegar reclusão de 34 a 80 anos. Como é crime hediondo, não têm direito a progressão do regime. Pior de tudo é que esse tipo de criminoso a justiça alcança até com eficiência, já outros crimes piores que atingem muito mais vítimas feitos por outro tipo de pessoa, com premeditação e estudo muito maiores não são presos e se forem, sempre há bons advogados para libertá-los seja por recursos seja estourando o prazo do MP. :^(

Mythus | Homepage

Breno Barros disse...

longe demais da terrinha pra acompanhar as noticias dos crimes absurdos.. breno, querido, manda um link da matéria pra eu saber do que se trata!

Gio

Breno Barros disse...

1º 24/10/2005 http://www.portalcorreio.com.br/site/noticia.php?id=11359

2º 25/10/2005 http://www.portalcorreio.com.br/site/noticia.php?id=11367

3º 26/10/2005 http://www.portalcorreio.com.br/site/noticia.php?id=11390

4º 28/10/2005 http://www.portalcorreio.com.br/site/noticia.php?id=11450

Mythus | Homepage

Breno Barros disse...

Esse tipo de coisa não sai da minha mente nunca, por isso, raramente assisto jornais...prefiro lê-los, embora as imagens que eu mesma fabrique sejam tão ruins quanto...
Ouça mais Alceu...felizmente, embora as vezes esqueçamos, há alguma bondade no mundo...ouça "Tomara" do Alceu!
Todos os beijos...
:*

Susy

Breno Barros disse...

Sem palavras mesmo.. a cada dia q passa eu desacredito mais nos homens e meu medo aumenta...

Só Deus mesmo pra ter misericórdia de seres tão nojentos como nós..

Bjinho Breno

Ca | Homepage

Breno Barros disse...

=o****

PauLa

Breno Barros disse...

Que tal imprimir um ritmo nisso aqui?

Mythus | Homepage

Breno Barros disse...

Imprimererei. =P

Breno

Breno Barros disse...

Passa no meu blog pra ver o que eu fiz com tua foto pro cartaz! :)

Audaci Jr. | Homepage

Breno Barros disse...

São as pedras desse nosso ofício.

Aline