quarta-feira, 5 de janeiro de 2005

Eu iria dar nota 2


Avassaladoras (Brasil, 2002), filme de Mara Mourão, é ruim. Breno você é um péssimo crítico, já tá colocando juízo de valor! E eu com isso? Isso é um blog! O filme é fraco porque os diálogos são fracos, forçados, as interpretações caricatas e Reynaldo Gianecchini (Tiago) está indeglutível.

Mas nem tudo está fora do lugar. A edição é boa. Existe uma certa dinâmica que faz com que você não se canse com o filme. Algumas piadas funcionam e até que dá pra rir um pouco - como na sequência em que Giovanna Antonelli (Laura) e Caco Ciocler (Miguel) vão jantar em um restaurante árabe. Aos que detestam clichês, melhor nem assistir - esse só perde pra Dom (Brasil, 2003).

Uma curiosidade é que o diretor de arte acreditou na combinação do azul com o laranja. Não eram as eleições de João Pessoa, mas era só o que se via. Tem hora que todas na empresa estão usando laranja e uma pessoa está de azul depois o contrário. Numa cena Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini estão conversando e no fundo da tela aparecem dois barquinhos amarrados num trapiche, um tem uma faixa azul e a faixa do outro é... acertou.

O final é razoável, pelo menos foge, em parte da previsibilidade. Eu gosto muito de cinema nacional, tendo a olhar as produções brasileiras com bons olhos, mas o começo de Avassaladoras afasta um pouco, depois até que desce, merece um 6. Nota 2 eu vou deixar pra Globo, que mandou às favas o Padrão Globo de Qualidade e fez uns cortes pra dividir o filme em blocos dignos de alunos da 4ª série.

10 comentários:

Breno Barros disse...

Hoje eu vou ser o primeiro.. Porra, Breno, isso que é uma crítica! Muito bom o texto, melhor do que o de muito caba experiente que vejo por aí.. Sobre o filme, eu nem posso falar muito porque tive que optar entre esse e "Bufo e Spalanzani", que passou o SBT e que antes tinham anunciado na Globo. Não entendi que viagem foi essa mas o tal "Bufo" é ótimo. É baseado num livro de Rubem Fonseca, o que já garante boa parte do sucesso do filme. Fora a própria história que é muito massa, tem a fotografia e o andamento que merecem destaque, além da garota que o José Mayer pega e que é gata com força.

Luís

Breno Barros disse...

Definitivamente as qualidades de escritor de Breno fluem a medida que ele desenvolve o texto. Textos curtos demais são fáceis de ler, mas reprimem o talendo. Eu não pude assistir Avassaladoras e Assiti Bufo em São Paulo a muito tempo no cinema: vale a pena! Quanto ao primeiro, como vi apenas cenas, acredito que o filme prende bastante, só não me prendeu o suficiente porque estou vivendo num momento obcessivo.

Mythus | Homepage

Breno Barros disse...

own, brenin. é q não tenho o teu nº do cel, rapá. Mas feliz 2005 pra tu, homi!

ailton

Breno Barros disse...

Eu não assisti nada, mas adorei a crítica!

Zabella

Breno Barros disse...

Ailton ta tao bonzinho ultimamente q tou ateh desconfiando... breno, sabe q eu achei q fosse bem pior? Ateh q deu pra assistir sem ter raiva. Pelo menos nao eh pretensioso nem meloso. Agora fuderoso mesmo eh meu tio matou um cara. ps. tu ainda tem muito o q aprender sobre cinema. e sobre virgulas.

O citrico

Breno Barros disse...

Brenim, não assisti a esse filme, porque não gosto da atuação da Antonelli. Do Gianechini eu gosto, mas não é exatamente da atuação a que me refiro. Pra eu assistir a um filme, os atores, além de serem bons, têm de ter carisma. Por isso eu não assisto ao Meu Tio Matou um Cara. Pode ter o excepcional Lázaro Ramos (pra mim, o melhor ator da nova safra), mas em compensação tem Débora Secco e Laranjinha. Não dá. Esse Bufo eu queria ter assistido. Mas tem o pior filme nacional já feito (e Nuno Leal Maia não está no elenco). Pior que eu esqueci do título, mas é meio que um musical em que as 4 atrizes ficam dançando sem parar em clips toscos espalhados pelo filme. Lília Cabral tá no meio. Degradante.

Dina

Breno Barros disse...

Dina, deborah secco realmente foi a unica escolha infeliz do casting do filme. o resto do elenco detona, inclusive darlan cunha, q me surpreendeu pra caralho.. enfim, o filme eh muito bom

O cítrico

Breno Barros disse...

e eu daria bem mais q 2 pra avassaladoras. um 6 ou 7.

o cítrico

Breno Barros disse...

Laranja, você leu a parte que eu digo que dou 6 para o filme?

Breno

Breno Barros disse...

ah eh.. eh q deixei me influenciar pelo titulo :)

Laranja